Carta de Apresentação

Início / Emprego / Como Procurar / Carta de Apresentação

Exemplo de uma carta de apresentação

Maria Augusta Lima de Carvalho
Avenida do Atlãntico, nº 6
4000-410 Porto
e-mail: maria.i.m.ferreira@gmail.com


Exmo Senhor Director dos Recursos Humanos
da Companhia Portuguesa de Informática
Rua Sobe e Desce, 38
4000-288 Porto


Porto, 28 de Fevereiro de 2012

Gostaria de apresentar a minha candidatura ao lugar de Técnica de Informática que a vossa empresa anunciou no "Jornal Xpto", edição do dia y de Fevereiro.

A possibilidade de exercer esta atividade numa empresa que tanto tem investido em tecnologias de informação é, para mim, particularmente aliciante.

Junto anexo o meu currículo, apreciando que me dispensasse alguns minutos do seu tempo para aprofundar melhor as razões da minha candidatura.

Na esperança de que V.Exa irá atender o meu pedido, queira aceitar os meus melhores cumprimentos.

(Assinatura)


Como deve estruturar a carta de apresentação

A Carta de Apresentação deve estar bem estruturada começando por se dirigir ao recrutador mencionando o nome ou o cargo da pessoa. Se o recrutador não for uma pessoa específica deverá dirigir-se a "Exmo. Responsável pelos Recursos Humanos", por exemplo.

Insira as suas caraterísticas profissionais e pessoais para chamar a atenção do recrutador. A carta deve ser curta e objetiva, elaborada em tom formal e escrita em papel A4 branco.

Não se esqueça de assina a Carta no fim, ou colocar o nome se for uma carta de apresentação digital (e-mail). Coloque também a sua morada, o telefone para contacto e endereço de e-mail.

Uma carta bem estruturada revela um candidato organizado e interessado na candidatura.

A carta deve ser pessoal

  • Não peça a alguém que sabe escrever melhor para fazer isso por si.
  • Não responda a todos os anúncios com o mesmo modelo de carta.
  • Se for dado a conhecer o nome da empresa procure conhecer um pouco sobre a empresa para a qual quer trabalhar e demonstre isso no texto da carta.

Erros frequentes na Carta de Apresentação

É frequente cometerem-se determinados erros que podem custar o emprego de uma vida:

  • Colocar informações incompletas - Licenciatura incompleta, Curso de Almeão incompleto,... O facto de não ter terminado algo pode transmitir uma ideia negativa sobre o seu empenho e dedicação.
  • Colocar um histórico interminável - A carta não é o curriculo. Deve ser curta e objetiva.
  • Mencionar demasiados atributos pessoais - Limite-se a falar dos seus atributos profissionais. Uma carta repleta de auto-elogios não o vai favorecer.

A seguir: Elaborar o seu curriculo