emprego e formação - mapa do site
Início > Manual > Teorias, factores e processos de aprendizagem > Processos e etapas > Factores que influenciam a aprendizagem

Factores que influenciam a aprendizagem

Uma das preocupações que o formador deve ter quando planifica sessões de formação, é criar situações que favoreçam a aprendizagem, tendo em conta três variáveis:
  • o que vai ensinar (objectivos/domínios da aprendizagem);
  • como ensinar (estratégias);
  • a quem ensinar (público alvo).
Existem factores internos e externos ao próprio indivíduo, que podem facilitar ou inibir o processo da aprendizagem.
Alguns destes factores estão relacionados com características das pessoas a quem se destina a formação.
O público alvo da formação profissional é, normalmente, constituído por adultos, o que implica procedimentos necessariamente diferenciados, na medida em que a aprendizagem adulta é substancialmente diferente da aprendizagem da criança e, por isso, o formador não pode ter o mesmo tipo de abordagem perante estes dois públicos distintos.
A investigação em Pedagogia de Adultos tem vindo a demonstrar que, ao contrário da crença generalizada de que "Burro velho não aprende línguas", os adultos aprendem também com facilidade desde que motivados e activos. As diversas metodologias de «transmissão» de informação numa situação de ensino/aprendizagem possuem resultados distintos na aprendizagem de adultos.


As diferenças entre as crianças e os adultos implicam alguns cuidados, que o formador deve ter, para evitar situações de insucesso e frustração, pois os adultos possuem uma fraca resistência ao fracasso em situações de ensino-aprendizagem. Possuem uma dada experiência de vida, crenças e valores acerca do mundo e dos outros, e pôr em causa os seus desempenhos, é pô-los em causa a eles enquanto pessoas. Tanto as crianças como os adultos esquecem facilmente aquilo que ouvem, ou que lêem. Mais ainda, após os 30 anos de idade, as nossas capacidades de memorização decaem. Obrigar adultos a dependerem essencialmente da memória, auditiva ou visual, é fazer uma opção pedagógica incorrecta.
Os indivíduos em formação compreendem aquilo que está a ser dito; mais tarde, serío confrontados com a surpresa desagradável de não conseguirem reproduzir essa mesma informação. Este facto, ao ser interpretado como falta de capacidades para aprender, poderá conduzir a uma perda de autoconfiança, a frustração e desmotivação face a futuras aprendizagens.
Assim, para que a prática pedagógica conduza ao sucesso da aprendizagem, o formador deve ter em conta o seguinte:

  • o nível de dificuldade das actividades propostas, deve estar ao alcance de todos;
  • o formador deve garantir a resolução mínima dos exercícios por todos os participantes;
  • as correcções necessárias não devem assumir a forma de crítica destrutiva, mas devem ser feitas em forma de sugestão, ou de incentivo ao debate, conduzindo à auto-descoberta e à auto-transformação;
  • é muito importante a informação sobre os resultados obtidos e reforçar positivamente (reduz a insegurança).
Outro tipo de factores que podem condicionar a aprendizagem são os internos ao próprio indivíduo, que fazem parte quer das suas características de personalidade, quer das suas características físicas:
  • Factores cognitivos
    • Percepção
    • Atenção
    • Memória
  • Factores socioculturais
    • Família
    • Grupos de pertença
    • Comunidade
    • Sociedade (valores, representações e estereótipos)
  • Factores biológicos
    • Neurofisiológicos
    • Genéticos
  • Factores emocionais
    • "Estados de espírito"
Existem também factores externos ao próprio indivíduo, que podem facilitar o processo da aprendizagem (são da responsabilidade do formador):
  • definir objectivos e dá-los a conhecer;
  • avaliar pré-requisitos;
  • explicitar as estratégias;
  • motivação (situar num contexto);
  • manter o grupo activo e participante (proporcionar trabalhos de grupo e de investigação);
  • utilizar os meios técnicos e práticos disponíveis (vídeo, retroprojector e outros);
  • fazer sínteses parcelares e conclusões;
  • exercícios práticos;
  • fazer a avaliação da aprendizagem;
  • discussão dos resultados.
A aprendizagem significativa, é favorecida pelos processos interactivos que se estabelecem, em relação aos quais o formador tem um papel importante, na medida em que depende dele o «clima», o «estilo» de relações psicossociais que se estabelecem durante a formação, assim:
  • a aprendizagem deve processar-se num clima de confiança e abertura que propicie a partilha de experiências e vivências, visando um enriquecimento mútuo;
  • a aprendizagem não deve ser estanque mas negociada, os objectivos devem ser explícitos e partilhados;
  • a aprendizagem deve situar-se relativamente a um quadro de referência, apelo às experiências e vivências dos formandos, no sentido de os motivar e implicar;
  • a aprendizagem deverá ser dirigida para o aqui e agora dos acontecimentos, as finalidades devem ser explícitas.
 

Ideias a reter

  • o que vais ensinar
  • como vai ensinar
  • a quem vai ensinar
  • os diferentes factores que influenciam a aprendizagem:
    • percepção
    • família
    • "Estado de espírito"